• Amanda Cunha

    “Esbarrei” no artigo e embora não tenha tido problemas nessa área do exercício da advocacia acho extremante válida e útil. Gosto de debates orais, improviso, “teatro” – ótima essa. Tanto que adoro fazer sustentação oral e não deixo que juízes cresçam. Mas sempre é fruto de estudo, detalhamento do processo e conhecimento do mesmo. Nossas habilidades naturais (falar em público, por exemplo) não são suficientes para nos trazer o êxito. Cada dica do Blog/ site é útil. Parabéns.

  • Marcus Tulio Maciel Santos

    Mauito bom mesmo Francisco! Parabéns pela brilhante reflexão, e pela transmissão dela a todos os interessados. De grande alia o artigo, e, tenho plena certeza de que ao permanecer nessa gratificante caminhada, talvez, falharemos cada dia menos. Marcus Túlio Maciel – Advogado em Alagoas.

  • Rodrigo

    Parabéns doutor pela valiosa explanação a respeito do tema audiências, sou advogado incipiente e para mim foi de suma importância ler este artigo.

    Muito obrigado.